Caso PC Siqueira: Youtuber é acusado de pedofilia após ter supostas conversas vazadas

Na tarde de quarta-feira (10), prints de uma suposta conversa entre PC Siqueira, de 34 anos, e uma pessoa anônima foram divulgados na internet. Nas mensagens, PC teria revelado que recebeu fotos íntimas de uma criança de apenas seis anos de idade, enquadrando o youtuber em um crime envolvendo pedofilia caso a veracidade das informações seja provada.
Já na quinta (11), o jornal Extra noticiou que a Polícia Civil de São Paulo está apurando as denúncias feitas nas redes sociais pelo perfil @ExposedEmo1, mesmo que divulgou os prints da troca de mensagens entre Japinha, baterista do CPM 22, e uma adolescente de 16 anos. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da organização, e a investigação se dará na 4ª Delegacia de Proteção à Pessoa, do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP).
O vídeo que corre pela internet mostra um diálogo, supostamente entre Siqueira e um amigo. Tenho uma coisa pra você, teria dito o youtuber, logo no início. Após enviar a imagem, ele diz para o outro apagar imediatamente. De quem era aquela bunda?, o amigo indaga. Siqueira diz que recebeu a imagem em um Facetime com uma amiga. Da filha dela, responde.
Fiquei reparando no baby doll [risos]. Ela mandou a filha mostrar a bunda pra você?, indaga o anônimo. [Risos] Meio que sim. Mas apaga JÁ. TUDO, pede o youtuber. E acrescenta: MAS TEVE ISSO. And it was awesome [e foi demais] [risos]. A história é excitante. Quantos anos tem a filha dela?, pergunta a pessoa. 6, responde Siqueira, que ri e coloca um emoji de “o que fazer?”. Sorry. Mas foi só isso também. Mais nada, ele afirma. É mais excitante a mãe fazer isso. Do que a menina em si, diz o amigo, e Siqueira ri e concorda. Mas ela já mandou fotos tempos atrás. Na época que ela não sabia nada, diz. De quê?, questiona o anônimo. Da menina, o youtuber responde. Mandou foto da menina como?, insiste o amigo. [Risos] Tem gente assim no mundo. Como cê acha?, Siqueira responde. Pelada ‘caraio’?, questiona o anônimo. Siqueira afirma: [Risos] lógico.
O amigo pergunta se a mulher que mandou fotos da filha fez isso “do nada”. Uns shots da bunda dela [risos]. Mas foi só uma vez. Ela não faz mais porque agora ela [filha] entende e dá m*rda. Enfim, só queria compartilhar [risos]. Beijos mil, apaga, finaliza. Confira a suposta conversa abaixo:


Ainda na noite de quinta-feira (11) áudios atribuídos ao influenciador em uma conversa com amigo, também vazaram na web. Na conversa a voz atribuída a PC Siqueira diz que não precisa de ajuda e que na verdade precisa morrer, admite que se excitou com a foto enviada, e que deve ter algum traço de pedofilia, já tendo falado com a psiquiatra sobre o assunto. Ele afirma que o estigma de pedófilo jamais será desvinculado de sua imagem e menciona suicídio diversas vezes. Apesar da autenticidade deste conteúdo também não ter sido confirmada até o momento, o público está considerando os áudios como uma confissão a respeito do crime. Confirma abaixo o conteúdo vazado:

O nome do youtuber ficou no topo dos assuntos mais comentados do Twitter durante a noite de quarta. Pedófilo também estava na lista. Outros Youtubers e produtores de conteúdo já se pronunciaram sobre o caso – no próprio Twitter e também por meio de seus canais do Youtube – entre eles estão Felipe Castanhari, Felipe Neto e Rafinha Bastos, colega de PC no canal Ilha de Barbados. O humorista se diz extremamente frustrado com o caso e com muita raiva, pede por justiça e diz que entende os demais colegas que ainda não se posicionaram a respeito do caso, por se tratar de uma situação tão grave e delicada. Assista na íntegra as declarações de Rafinha:

As atualizações mais recentes do caso dão conta de que PC apagou o post do Instagram onde havia dado seu pronunciamento oficial sobre o caso, apontando erros no vídeo (como a hora do telefone que não se altera mesmo após se passar mais de 1 minuto) indicando montagem. No texto o Youtuber se diz vítima de Fake News e acusado injustamente de um ‘crime abominável’. Após excluir a postagem, Siqueira tornou seu perfil privado no Instagram, estando desde então sumido das redes.

O caso é muito sério e grave. Vidas estão em jogo, subjetivamente e literalmente também, pois como já mencionado o acusado sempre teve tendências suicidas, portanto não é uma situação a ser tratada de forma leviana. A polícia já está no caso e novas atualizações devem surgir conforme a investigação avança. Fiquem ligados no Portal Popeek, que manteremos a todos informados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *