"Animais Fantásticos" está com sérios problemas e deve ter o mesmo desfecho que "Divergente", diz Forbes
×
Maurício Junio
12.06.2020
13:19
“Animais Fantásticos” está com sérios problemas e deve ter o mesmo desfecho que “Divergente”, diz Forbes

Nesta semana, a renomada revista Forbes publicou uma matéria falando sobre a expectativa em torno da franquia Animais Fantásticos após as controversas envolvendo o elenco e a roteirista dos filmes, J.K. Rowling. No texto, o jornal analisa os números dos dois primeiros filmes, a recepção nos Estados Unidos e no resto do mundo, além de comparar com franquias que tiveram um desempenho semelhante.

Para a Forbes, são dois os fatores principais que fadam Animais Fantáticos 3 ao fracasso eminente: a recepção fria de Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald, em 2018, e as polêmicas envolvendo Ezra Miller, Johnny Depp e J.K. Rowling, esta última sendo respondida diretamente por nomes como Daniel Radcliffe, Emma Watson e Eddie Redmayne, protagonista da nova saga. “Se os fãs pularem do barco, a franquia seguirá o mesmo destino de X-Men e Divergente“, diz o texto.

Animais Fantásticos não é o novo Harry Potter“, diz o jornalista Scott Mendelson. Sua comparação leva em conta os números de bilheteria das duas franquias. Se em 2004, Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban fez uma bilheteria mundial de 795 milhões de dólares, se tornando a pior entre os oito filmes da franquia, Animais Fantásticos e Onde Habitam fez 814 milhões de dólares mundialmente e foi o melhor desempenho da nova saga – com a ajuda de ingressos 3D e IMAX, algo que Prisioneiro de Azkaban não teve.

A queda dos números em Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald foi significante e preocupa ainda mais. O filme lucrou “apenas” 654 milhões de dólares em todo o mundo, com um orçamento de 200 milhões de dólares. Além disso, teve uma recepção fria dos críticos e do público, comprometendo o futuro da franquia e deixando as expectativas para o terceiro filme bem baixas.

Para a Forbes, Animais Fantásticos tem tudo para seguir o mesmo caminho que a franquia Divergente: um primeiro filme promissor em números e na recepção do público, um segundo filme com desempenho baixo e o terceiro filme que confirmou o fracasso. O segundo filme de Divergente, Insurgente, teve um orçamento maior, mas uma bilheteria menor que a do primeiro filme (com a ajuda de ingressos 3D), dando prejuízo para a Lionsgate.

Além de comparar os desempenhos de Animais Fantásticos com X-Men, Divergente e O Exterminador do Futuro, o texto se encerra com uma comparação a O Espetacular Homem-Aranha 2: “Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald foi o Espetacular Homem-Aranha 2 da série (críticas ruins, muita construção de mundo, pouca emoção para o próximo, e uma grande queda na América do Norte), com a ressalva de que Newt Scamander não é Peter Parker“.

Culpe as controvérsias fora da tela sobre os comentários transfóbicos de Rowling, os supostos incidentes de violência doméstica de Johnny Depp e agressão física de Ezra Miller, ou apenas que o último filme foi incrivelmente ruim. Animais Fantásticos 3 pode ser um apocalipse que significa um destino sombrio para toda a franquia. O público pode decidir deixar a magia“, finaliza o texto.

Animais Fantásticos 3 está marcado para chegar aos cinemas em novembro de 2021.


leia também:
    Mais lidas
Sobre nós
O Portal Popeek foi fundado em novembro de 2019 por amantes das culturas pop e geek, visando informar seu público sobre as novidades nos mundos do cinema, televisão, literatura e múisca, prezando sempre pela transparência e agilidade no trabalho.
E-mail:
[email protected]

Redes sociais:
Popeek © 2019 - 2020
Tema por Danielle Cabral