Voto de Natália em Gustavo causa barraco generalizado na casa com direito a gritaria e dedo na cara
×
Éder Matheus
07.03.2022
02:00
Voto de Natália em Gustavo causa barraco generalizado na casa com direito a gritaria e dedo na cara
Natália, Gustavo, Scooby e demais participantes do BBB 22 em barraco generalizado.

A formação do sétimo paredão do BBB 22 mexeu com os ânimos dos participantes na madrugada dessa segunda-feira (7). O voto de Natália foi decisivo para que Gustavo fosse indicado pela casa. A modelo, que tinha Eslovênia e Vinicius como suas primeiras opções de voto, optou por votar no advogado para proteger Eliezer, que a havia convencido da estratégia horas antes.

Em uma reviravolta emocionante na prova bate-volta, Gustavo escapou do paredão, mas não ficou satisfeito com os seis votos que levou. Ao descobrir que Natália foi uma das pessoas que votou nele, o paranaense se mostrou indignado, visto que a modelo havia lhe dito que não votaria nele nesse paredão, mas fez o oposto.

O brother explanou sua insatisfação com a sister, mas despertou a fúria de Eliezer, que achou que ele estava ameaçando sua ficante. Uma discussão entre o trio se iniciou na cozinha e Natália tentou explicar para Gustavo por que voltou atrás de sua promessa e não cumpriu com o que disse.

Tu sabe o que faz, mas eu confiei na tua palavra”, disse Gustavo. “Você não devia ameaçar ela por causa de um voto“, disparou Eliezer. “Eu não tô ameaçando. Eu ameacei? Ah, cala a boca, Eli”, rebateu o advogado. “Você acabou de ameaçar ela. O voto é dela. Você fez um olhar ameaçador“, comentou o designer. “Ele não tá errado. Eu tô certo, porque eu falei com ele. Não foi uma ameaça em momento nenhum“, comentou Natália, ao se aproximar dos dois.

Natália afirmou que a princípio, queria ser imparcial na votação, no entanto, voltou atrás porque ela entrou no jogo para se comprometer. Ela comparou a relação dela com Eliezer a de Gustavo e Laís, afirmando que o brother votaria nela para proteger a ficante e isso era uma constatação óbvia. Ele, no entanto, discordou.

Eu realmente falei com você. Eu não queria, foi com muito pesar. Mas para ser neutra, eu não podia ser. Por quê? Porque são duas pessoas que eu gosto muito. Eu falei para ele que queria ser imparcial nessa votação, só que eu ser imparcial é eu dar o meu direito para outras pessoas. São suas pessoas que eu gosto muito, e falei com ele (Eli) isso. Só que é a mesma coisa que tu, que deita com a Laís, aí tá eu e ela no fogo, quem tu vai proteger? A Laís. É muito óbvio“, comentou a modelo. “Não é muito óbvio assim, porque a pessoa que deita comigo não me protegeu“, disparou o advogado.

Na sequência, Natália citou o grupo formado pelos homens do camarote, Douglas Silva, Paulo André e Pedro Scooby. Ela mencionou que o trio vive numa rede proteção e sempre irá se proteger e optar por outras pessoas que não eles três para votarem e escaparem do paredão, e que ela fez o mesmo nesse domingo e gostaria que os outros entendessem sua perspectiva de jogo.

Scooby se irritou em ser citado na discussão que ele não estava inserido e elevou o tom de voz, dando continuidade à discussão na cozinha. “Vocês estão unidos, não estão? Vocês estão unidos nos votos de vocês?“, questionou a modelo. “Você está me julgando. Quando eu acompanhei o voto de alguém?“, indagou o surfista.

Visivelmente exaltado, o ex-marido de Luana Piovani afirmou que não votaria em Eslovênia ou Vinicius mesmo que fosse para se proteger. O ator de “Cidade de Deus” concordou com a afirmação do amigo. Scooby disse que Natália, junto de Linn da Quebrada, estava inventando histórias para colocá-lo contra seus próprios amigos.

Vocês estão inventando história para botar a gente um contra o outro“, disparou Scooby. “Não tô botando contra, estou falando o que eu estou vendo e eu tenho direito de falar o que eu vejo. Eu tenho direito!“, disparou Natália. “Você tá estressada porque você não cumpriu com sua palavra com o Gustavo“, disparou o surfista. “Exatamente!“, concordou Paulo.

Logo em seguida, Scooby explanou que foi Eliezer quem envolveu toda a casa na confusão, pois Gustavo foi tirar satisfações do voto de Natália isoladamente com ela, mas o designer usou a palavra “ameaça” ao observar à cena e deu início à briga. A modelo tentou se defender e explicar mais uma vez o que a levou a votar no advogado e levou uma invertida do brother, que iniciou uma discussão com o designer.

Ele pagou de casalzinho pra você na última noite que ele tá com a água no rabo e você caiu“, disparou Gustavo. “Você não bote palavras na minha boca, porque você não sabe o que eu tô sentindo“, disse Eliezer. “Ué, você botou na minha, irmão. Não espere que eu peça desculpas a você”, disse o paranense. “Não quero que você peça desculpas pra mim. Não coloque palavras na minha boca, falar que eu fiquei pagando de casalzinho“, rebateu o carioca, com o tom de voz elevado.


leia também:
    Mais lidas
Sobre nós
O Portal Popeek foi fundado em novembro de 2019 por amantes das culturas pop e geek, visando informar seu público sobre as novidades nos mundos do cinema, televisão, literatura e múisca, prezando sempre pela transparência e agilidade no trabalho.
E-mail:
[email protected]

Redes sociais:
Popeek © 2019 - 2022
Tema por Danielle Cabral