×
João Pedro G. Tonioli
24.06.2020
19:33
Billboard 200: os álbuns femininos que ficaram mais semanas no chart
Álbuns femininos na Billboard 200

A Billboard 200 é a principal parada de álbuns norte-americana. A mesma ranqueia, semanalmente, os álbuns e EPs mais vendidos durante determinado período semanal no território estadunidense.

Enquanto alguns álbuns possuem números expressivos apenas na semana de estreia, outros conseguem manter uma boa estabilidade, passando meses e até anos dentro da parada.

Com base nisso, listamos os 10 álbuns femininos com mais semanas dentro da Billboard 200. Confira os recordistas:

#10 Anti – Rihanna

Anti na Billboard 200

Lançado em Janeiro de 2016, Anti é o último álbum de estúdio lançado pela Rihanna e pegou o topo da Billboard 200. Com média 73 no Metacritic, o álbum recebeu aclamação crítica e de público. Tendo alguns dos maiores hits da carreira, os singles escolhidos foram: Work, Kiss It Better, Needed Me e Love on the Brain. Essa semana, o álbum completou sua 224ª semana no chart, entrando oficialmente para o top 10. Assim, Rihanna é a única cantora negra no top 10.

#9 The Fame – Lady Gaga

The Fame no Billboard 200

Lançado em Outubro de 2008, The Fame é o primeiro álbum de estúdio de Lady Gaga e desde então ela começou a fazer história. Com média 71 no Metacritic, o álbum é um dos favoritos dos fãs. Pegando o topo de diversos charts e sendo algumas das músicas mais marcantes da Gaga, os singles foram: Just Dance, Poker Face, Eh Eh (Nothing Else I Can Say), LoveGame e Paparazzi. O álbum sequer chegou a pegar o topo do chart, mas se manteve estável, ficou por 225 semanas nele e levou dois Grammy’s.

#8 Teenage Dream – Katy Perry

Lançado em Agosto de 2010, Teenage Dream é o segundo álbum de estúdio de Katy Perry, trazendo um visual mais colorido e doce, marcando-a na indústria musical. O álbum teve uma recepção crítica mista, conseguindo uma média 52 no Metacritic, mas é, até hoje um dos que mais marcou o pop atual, além de um dos favoritos dos fãs. Trouxe diversos hits, como os singles: California Gurls, Teenage Dream, Firework, E.T., Last Friday Night e The One That Got Away. Com exceção do último, os demais singles alcançaram o topo da Hot 100, fazendo assim, Katy Perry ser a única artista feminina e a única pessoa desde Michael Jackson, a conseguir isso. Tal feito fez com que Perry ganhasse o prêmio Billboard Spotlight. Posteriormente, o álbum foi relançado com mais dois singles: Part of Me e Wide Awake, sendo #1 e #2 na Hot 100, respectivamente. O álbum pegou o topo da Billboard 200 e ficou 236 semanas no chart. O álbum recebeu seis indicações ao Grammy, incluindo Álbum do Ano.

#7 Sheperd Moons – Enya

Lançado em Novembro de 1991, Sheperd Moons é o terceiro álbum de estúdio de Enya. O álbum vendeu bem para a época, mas mesmo assim debutou em #17 na Billboard 200. Teve como single: Caribbean Blue, How Can I Keep from Singing? e Book of Days. Mesmo eles não tendo indo muito bem nos charts, o álbum se manteve estável e ficou por 238 semanas na Billboard 200 e ainda rendeu um Grammy.

#6 Fearless – Taylor Swift

Lançado em Novembro de 2008, Fearless é o segundo álbum de estúdio de Taylor Swift, sendo o primeiro a garantir o prêmio de Álbum do Ano no Grammy Awards. Com média 73 no Metacritic, o álbum emplacou os hits “Love Story” e “You Belong With Me”, que se consagram como dois dos maiores da carreira de Taylor Swift até hoje. Além desse, os outros singles do material foram “White Horse”, “Fifteen” e a faixa-título. O álbum estreou diretamente no topo da Billboard 200 e ficou por 255 semanas pelo chart.

#5 Taylor Swift – Taylor Swift

Lançado em Outubro de 2006, o álbum homônimo é o primeiro da carreira de Taylor Swift. O primeiro single de divulgação do material foi “Tim McGraw”, que foi bem recebido pela crítica especializada e entrou no top 40 da principal parada musical norte-americana. O maior sucesso do álbum veio logo em seguida com o lançamento do segundo single, “Teardrops on My Guitar”, que alcançou a 13ª posição. Além dessas, se destacaram “Our Song”, “Picture to Burn” e “Should’ve Said No”, todas emplacando o Top 10 da Hot Country Songs, consolidando o álbum de Taylor Swift como um dos maiores do gênero. O álbum estreou em #19 na Billboard 200, atingiu seu pico em #5, no total, ficou por 275 semanas no chart.

#4 1989 – Taylor Swift

1989 na Billboard 200

Lançado em Outubro de 2014, 1989 é o quinto álbum de estúdio de Taylor Swift e o maior de sua carreira. Com média 76 no Metacritic, o álbum garantiu o segundo Grammy de Álbum do Ano para a cantora norte-americana. Esse foi o primeiro álbum de Taylor a emplacar 3 músicas número #1 na Billboard Hot 100, com “Shake It Off”, “Blank Space” e “Bad Blood”. Além dessas, os singles “Style” e “Wildest Dreams” se destacaram, alcançando o top 10 da parada norte-americana. Apesar de um desempenho inferior, “Out of the Woods” também figurou na parada ao ser lançado como single promocional antes do lançamento do álbum e como single oficial para finalizar a era mais bem sucedida de Swift. Estreou no topo da Billboard 200 com mais de 1 milhão de cópias vendidas, se tornando o terceiro disco mais vendido do país no ano. No total, ficou 288 semanas no chart.

#3 Tapestry – Carole King

Lançado em Janeiro de 1971, Tapestry é o segundo álbum de estúdio de Carole King e cheio de recordes. O álbum debutou diretamente no topo da Billboard 200, ficou por 15 semanas consecutivas lá e é até hoje o álbum feminino a ficar mais tempo no topo. É considerado pela Rolling Stone um dos maiores álbuns de todos os tempos e foi extremamente aclamado pela crítica. O álbum levou quatro Grammy’s. No total, ele ficou 318 semanas no chart.

#2 Born to Die – Lana del Rey

Born to Die na Billboard 200

Lançado em Janeiro de 2012, Born to Die é o segundo álbum de estúdio de Lana del Rey e um dos maiores marcos da sua carreira. Apesar das controvérsias e algumas críticas, o álbum tem uma média 62 no Metacritic, mas ainda assim é um dos favoritos dos fãs. Inclui seu maior sucesso Summertime Sadness, além de Video Games, Born to Die, Blue Jeans, National Anthem e Dark Paraside. Posteriormente, o álbum foi relançado como The Paradise Edition, incluindo mais 8 faixas. Extremamente estável, o álbum debutou em #2 na Billboard 200 e no total acumula 357 semanas. Eventualmente, o álbum retorna ao chart, como nessa semana, que apareceu em #197.

#1 21 – Adele

21 na Billboard 200

Lançado em Janeiro de 2011, 21 é o segundo álbum de estúdio de Adele. Com influências do pop, soul e R&B, Adele se inspirou em um dos seus relacionamentos e entregou, o que é para os fãs, uma obra-prima. O álbum foi indicado a seis categorias no Grammy e venceu as seis, incluindo Álbum do Ano. É o álbum mais aclamado da carreira até então, com 76 pontos no Metacritic. Inclui seus maiores hits Rolling in the Deep e Someone Like You, além de Set Fire on the Rain, Rumour Has It e Turning Tables. O álbum debutou diretamente no topo da Billboard 200 e permaneceu 23 semanas lá. Até o momento, ele acumula 470 semanas no chart, estando essa semana em #186.

São, basicamente, alguns dos álbuns que mais moldaram o cenário musical feminino e que são levados como referência até hoje.


leia também:
    Mais lidas
Sobre nós
O Portal Popeek foi fundado em novembro de 2019 por amantes das culturas pop e geek, visando informar seu público sobre as novidades nos mundos do cinema, televisão, literatura e múisca, prezando sempre pela transparência e agilidade no trabalho.
E-mail:
[email protected]

Redes sociais:
Popeek © 2019 - 2020
Tema por Danielle Cabral