Billie Eilish lança vídeo ”NOT MY RESPONSABILITY”, poderosa crítica à sexualização de seu corpo; confira!

Billie Eilish está aproveitando a quarentena para presentear seus fãs com alguns conteúdos exclusivos do que viria a ser sua turnê, “Where Do We Go? Tour”, cancelada por causa da pandemia do coronavírus. A turnê seria utilizada para a divulgação de seu álbum, ”When We All Fall Asleep, Where Do We Go?”, que recebeu diversos prêmios Grammy no ano passado.

O vídeo ”NOT MY RESPONSABILITY” é um desses lançamentos. O conteúdo se trata de uma crítica social à sexualização de menores de idade, mais especificamente sobre sua própria experiência, já que a cantora se tornou famosa aos 17 anos.

Na sua ascensão, muitos comentários sobre seu corpo e o modo que ela se vestia vieram à tona. Eilish já informou, em algumas entrevistas, que usa roupas largas e grandes para que não sejam tecidos comentários em relação ao seu corpo e as pessoas foquem no seu trabalho.

Hoje (26), após anunciar em seu Instagram que lançaria um novo conteúdo, a cantora disponibilizou o vídeo citado, ”NOT MY RESPONSABILITY” em seu canal do Youtube. Confira:

”Eles me conhecem. Realmente me conhecem. Vocês têm opiniões. Sobre minhas opiniões. Sobre minha música. Sobre minhas roupas. Sobre meu corpo. Algumas pessoas odeiam o que eu visto. Algumas amam. Algumas pessoas usam para envergonha outros. Alguns usam para me envergonhar. Mas eu sinto vocês assistindo. Sempre. E nada que eu faço passa despercebido. Então, enquanto sinto seus olhares, sua desaprovação ou seu suspiro de alívio. Se eu vivesse por eles, nunca seria capaz de me mover. Você gostaria que eu fosse menor? Mais fraca? Mais suave? Mais alta? Gostaria que eu ficasse quieta? Meus ombros te provocam? Meus seios? Eu sou minha barriga? Meus quadris? O corpo com o qual eu nasci, não é o que você queria? Se eu uso o que é confortável, não sou mulher. Se eu retiro as camadas, sou uma vagabunda. Embora você nunca tenha visto meu corpo, ainda o julga, e me julga por isso. Por quê? Fazemos suposições sobre as pessoas com base em seu tamanho. Nós decidimos quem eles são, nós decidimos o que eles valem. Se eu uso mais, se eu uso menos. Quem decide o que isso me faz? O que isso significa? Meu valor é baseado apenas na sua percepção? Ou a sua opinião sobre mim, não é minha RESPONSABILIDADE?”

Gostaram?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *