Sete cenas que provam que o Jove da antiga versão de "Pantanal" inventou o deboche
×
Éder Matheus
05.05.2022
10:51
Sete cenas que provam que o Jove da antiga versão de “Pantanal” inventou o deboche
Marcos Winter como Jove na versão de "Pantanal" de 1990.

No ar há pouco mais de um mês, “Pantanal” tem conquistado bons índices de audiência e tem recuperado o público que se afastou das novelas das nove desde “Um Lugar Ao Sol“. Com o sucesso da trama, diversos vídeos da versão original da novela, transmitida em 1990 pela Rede Manchete, têm sido resgastados e compartilhados nas redes sociais.

Grande parte dos vídeos que viralizaram nas últimas semanas são protagonizados pelo personagem Jove, interpretado por Marcos Winter na antiga versão. Com um humor bastante ácido, Jove fazia piada com os comentários preconceituosos de outros personagens a seu respeito, raramente ficando calado quando era atacado por alguém.

Para quem não lembra, assim como na atual versão, muitos acreditavam que Jove era homossexual devido a seus trejeitos e comportamentos frente a outras pessoas. Os boatos ganharam força quando ele foi alvo da vingança da ex-namorada, Nalvinha, que espalhou para os amigos do rapaz que ele era uma “bich* louca”.

Na versão de 1990, Jove chegou a confrontar a ex, mas depois tirou sarro da situação e “abraçou” os boatos a seu respeito, admitando que é uma “bich* louca”. Os rumores sobre sua sexualidade foram se espalhando pela região e ele não se mostrou preocupado em desmenti-los, pelo contrário, continuou os alimentando. Em uma outra cena, por exemplo, ele se recusa a montar em um cavalo e admite para seu pai que o que falam sobre ele é verdade.

Esses e tantos outros momentos protagonizados pelo personagem provam que de todas as suas características, o deboche era com certeza a mais marcante. Reúnimos aqui alguns vídeos que corroboram com essa análise e explicam o porquê do público que acompanhou a antiga versão estar sentindo falta de mais acidez no personagem.

LEIA TAMBÉM: “A Favorita” é confirmada como substituta no Vale a Pena Ver De Novo

Desempregado sim, mas debochado também. Em conversa com José Leôncio, seu pai, Jove afirma que não está trabalhando pois é um “vagabundo” por vocação. Ele até “amansa” o tom de voz para brincar com a situação.

As reações de Jove também são as melhores. Após encontrar um homem com o rosto sangrando por ter perdido uma orelha, ele conversa com Juma, que revela ser a responsável pela ação contra o homem que tentou abusar dela. Ele fica assustado com a revelação e suas caras e bocas são impagáveis.

Em outro momento com seu pai, Jove sai em defesa de Juma e afirma que a personalidade da moça não condiz com o que os peões falam a respeito dela. Na sequência, ele revela que tomou banho de rio pelado com ela, mas garante que não rolou nada entre eles.

Seu pai fica surpreso com a revelação e questiona o porquê. Jove, então, debocha dizendo que tinha medo dela arrancar uma orelha dele, como ela fez com o outro homem. O pai diz que arriscaria as duas orelhas pela moça, e Jove finaliza, ironizando: “E sem as orelhas, onde eu ia botar meus brincos?“.

Em conversa com sua ex-namorada, Jove questiona sobre os boatos que ela inventou sobre ele ser homossexual. A jovem tenta se justificar, mas ele afina a voz e admite ser uma “bich* louca”, para surpresa dela.

Os rumores de ser homossexual foram crescendo pela região e Jove não demonstrou qualquer preocupação com isso. Em outra cena com seu pai, inclusive, ele diz se para provar que é “macho” ele precisa montar num cavalo, ele admite ser uma “bich*”.

Defendendo os membros da comunidade LGBTQIA+ desde 1990, Jove chegou a afirmar que para manter uma boa relação com seu pai, não tem que aceitr pacificamente todos os comentários preconceitos ditos pelos peões da região. Ele defende que mesmo se fosse gay deveria ser respeitado, pois “bich* também tem dignidade”.

Ele também tem tempo para debochar da aproximação de Juma e Muda. Em uma das cenas virais, ele questiona à amada qual das duas é “sapatão”.


leia também:
    Mais lidas
Sobre nós
O Portal Popeek foi fundado em novembro de 2019 por amantes das culturas pop e geek, visando informar seu público sobre as novidades nos mundos do cinema, televisão, literatura e múisca, prezando sempre pela transparência e agilidade no trabalho.
E-mail:
[email protected]

Redes sociais:
Popeek © 2019 - 2022
Tema por Danielle Cabral