Crítica | Pedro Almodóvar fala sobre a importância da verdade em “Mães Paralelas”
×
Maurício Junio
17.02.2022
20:18
Crítica | Pedro Almodóvar fala sobre a importância da verdade em “Mães Paralelas”
Pedro Almodóvar cria trama sobre maternidade com contextos sócio-políticos para reafirmar a importância da verdade em "Mães Paralelas".

Ao decorrer das últimas décadas, Pedro Almodóvar se transformou de um diretor promissor a um dos maiores gênios da sétima arte a nível mundial. Desde suas comédias ácidas na década de 1980, seus primeiros clássicos e indicações ao Oscar nos anos 1990, a reafirmação do diretor como um ambicioso cineasta no início dos anos 2000 e os seus trabalhos mais recentes, como o polêmico “A Pele Que Habito” e o íntimo “Dor e Glória”. Todos comprovando que Almodóvar pode fazer, literalmente, qualquer coisa.

Em “Mães Paralelas”, é mentira dizer que ele está pisando em um terreno novo, inédito dentro de sua filmografia. A verdade é que, ao falar sobre maternidade, o diretor entregou alguns de seus filmes mais aclamados, como “Tudo Sobre a Minha Mãe”, que lhe deu o seu primeiro Oscar. Novamente ao lado de Penélope Cruz, ele opta por uma abordagem um pouco diferente e com objetivos mais amplos, sem perder sua essência e suas marcas, que fazem de suas obras peças únicas no cinema europeu.

Aqui, a trama começa com duas mulheres bem diferentes uma da outra: de um lado, a fotógrafa Janis (Cruz), uma mulher de meia-idade descobre que está grávida de seu primeiro filho; do outro, Ana (Milena Smit), uma adolescente que também fica grávida acidentalmente, mas ao contrário da outra, não está nada contente com sua gestação. Elas criam um laço enquanto esperam para dar à luz, e isso faz com que elas fiquem conectadas para sempre, ainda mais quando uma tragédia acontece meses depois.

Não apenas sendo um filme sobre a maternidade, “Mães Paralelas” cresce além das barreiras que aparenta ter e se torna um filme de cunho sociopolítico, sem nunca perder seu tom – mas, em alguns momentos, perdendo seu foco, já que a edição parece não saber o que é mais importante, principalmente no segundo ato. Enquanto Janis busca respostas sobre o passado de seus familiares durante a Espanha Franquista, o que aparentemente era uma obra sobre as loucuras da maternidade se torna um filme sobre a importância da verdade.

É impossível desenvolver este argumento sem cair na teia perigosa dos spoilers, mas após ver o filme fica claro o que foi dito aqui. É Almodóvar fugindo do óbvio mais uma vez e com poucos deslizes, criando em “Mães Paralelas” um dos filmes mais preciosos de sua carreira. E no centro de tudo, Penélope Cruz se conecta com essa personagem e compreende suas dores em uma performance honesta e natural. Mesmo sendo uma atriz muito prática, Cruz tem sequencias onde demonstra uma compreensão dos dilemas de Janis que são surpreendentes, e justificam sua indicação ao Oscar.

Em um filme escrito no auge da pandemia do Covid-19, quando todos estavam afastados da sociedade, Almodóvar entrega a nós de presente um dos filmes mais humanos e honestos de sua carreira. Transbordando qualidade no texto, no elenco (destaque também para a Milena Smit), a trilha sonora de Alberto Iglesias e a cinematografia de José Luis Alcaine, “Mães Paralelas” é Pedro Almodóvar fazendo aquilo que faz de melhor: sendo honesto consigo mesmo. E como é bom vê-lo fazer tudo isso.

Confira o trailer:

LEIA MAIS: Conheça “A Idade Dourada”, nova série da HBO Max do mesmo produtor de “Downton Abbey”

Palavra final: "Mães Paralelas" é Pedro Almodóvar em sua zona de conforto, sem que isso signifique que o filme tem menos qualidades. Em trama sobre maternidade e a importância da verdade, o gênio espanhol faz aqui que sabe fazer como ninguém: histórias originais e honestas.
4.0
Nota do autor:
Ficha técnica
Título original: Madres Paralelas
Dirigido por: Pedro Almodóvar
Data de lançamento: 18 de fevereiro de 2022
País de origem: Espanha
Duração: 123 minutos
Gênero:
  • Drama
  • leia também:
      Mais lidas
    Sobre nós
    O Portal Popeek foi fundado em novembro de 2019 por amantes das culturas pop e geek, visando informar seu público sobre as novidades nos mundos do cinema, televisão, literatura e múisca, prezando sempre pela transparência e agilidade no trabalho.
    E-mail:
    [email protected]

    Redes sociais:
    Popeek © 2019 - 2022
    Tema por Danielle Cabral