Crítica | "Sex Education" retorna melhor do que nunca em sua 3ª temporada
×
Maurício Junio
19.09.2021
17:07
Crítica | “Sex Education” retorna melhor do que nunca em sua 3ª temporada
"Sex Education" foca no desenvolvimento de seus personagens em uma temporada madura e divertida, a melhor até o momento.

Sex Education é um caso raro dentro da Netflix. Mesmo com uma multidão de fãs em todo o mundo, não existe nenhuma pressão por parte dos produtores e dos roteiristas em seguir um caminho narrativo com medo de decepcionar seu público alvo. Na verdade, é interessante observar que o público da série clama por surpresas, e isto que algo que Sex Education faz muito bem. Em seu terceiro ano, a série britânica retorna e se consolida, mais uma vez, como uma das melhores produções da Netflix.

Nesta terceira temporada, novos desafios surgem. Cada personagem lida com seus próprios conflitos e algo os conectam: uma nova diretora surge na escola, estabelecendo regras conservadoras e proibindo qualquer debate sobre sexo e sexualidade nos corredores da escola, obrigando os alunos a usar uniformes, proibindo celulares, piercings e cabelos coloridos. Enquanto isso, Otis, o protagonista, precisa lidar com um relacionamento secreto, a gravidez de sua mãe e seus problemas pessoais. (confira o trailer da 3ª temporada clicando aqui)

O grande acerto de Sex Education, sem dúvida alguma, é o foco em desenvolver seus personagens. Em apenas oito episódios, com uma hora de duração cada, o roteiro encontra espaço para desenvolver seus protagonistas e coadjuvantes na medida certa. Nenhum personagem é descartável, e todos representam uma peça de um quebra-cabeça muito bem estabelecido dentro da trama graças à direção e a edição, ambos excelentes.

A série segue um formato narrativo bem semelhante ao das temporadas anteriores, mas isso jamais é um problema. Na verdade, a “convencionalidade” – se é que podemos chamar Sex Education de convencional – apenas contribui para que a narrativa encontre espaço dentro de seus personagens para os desenvolver. No fim das contas, esta temporada é sobre como o obscurantismo e o conservadorismo não contribuem para uma juventude segura e consciente sobre sexo, sexualidade, gênero, abusos e preservação.

LEIA MAIS: Ncuti Gatwa, de Sex Education, fala sobre sexualidade, representação africana e relacionamento do Eric com Adam

É um texto muito inteligente e que jamais perde seu tom, divertido da primeira à última cena. Até mesmo quando parece não ter sentido, como num episódio envolvendo a morte de um gato de estimação de uma personagem desconhecida, Sex Education surpreende na conexão de suas subtramas com Otis, que mesmo com tantos destaques, permanece sendo o protagonistas.

Falando em Otis, Asa Buttefield está em constante crescimento assim como seu personagem. Gillian Anderson, Ncuti Gatwa, Emma Mackey e Mimi Keene também estão excelentes. Aimee Lou Wood, que venceu o BAFTA de melhor atriz em comédia pela segunda temporada, repete a performance excelente como Aimee Gibbs, enquanto Tanya Reynolds se mostra outra potência no time de coadjuvantes da série, com uma Lily Iglehart completamente fragilizada e vulnerável.

Talvez alguns possam dizer que Sex Education não se leva a sério o bastante, mas esta temporada mostra exatamente o contrário. A terceira temporada é o retorno de uma série já madura e estabelecida em sua proposta, mas que mesmo assim consegue surpreender e divertir. É um trabalho delicado, quase perfeito nos mínimos detalhes e que sabe de sua importância. Essa é uma preciosidade num catálogo gigantesco da Netflix; felizmente, o sucesso mostra que muitos já descobriram o valor de Sex Education.

Palavra final: "Sex Education" foca no desenvolvimento de seus personagens em uma temporada madura e divertida, a melhor até o momento, e prova de uma vez por todas que é uma das grandes produções da Netflix.
5.0
Nota do autor:
Ficha técnica
Título original: Sex Education
Dirigido por: Laurie Nunn
Data de lançamento: 17 de setembro de 2021
País de origem: Reino Unido
Duração: 60 minutos por episódio
Gênero:
  • Drama
  • Comédia
  • Romance
  • leia também:
      Mais lidas
    Sobre nós
    O Portal Popeek foi fundado em novembro de 2019 por amantes das culturas pop e geek, visando informar seu público sobre as novidades nos mundos do cinema, televisão, literatura e múisca, prezando sempre pela transparência e agilidade no trabalho.
    E-mail:
    [email protected]

    Redes sociais:
    Popeek © 2019 - 2021
    Tema por Danielle Cabral
    -