"Doutor Estranho no Multiverso da Loucura" abre com críticas divisivas
×
João Pedro G. Tonioli
03.05.2022
12:54
“Doutor Estranho no Multiverso da Loucura” abre com críticas divisivas
Doutor Estranho no Multiverso da Loucura

Os fãs do Universo Cinematográfico da Marvel estão contando os minutos até a pré-estreia de “Doutor Estranho no Multiverso da Loucura“, novo capítulo desse enorme universo que terá inicio a partir dessa quarta-feira, 04. A fim de evitar ao máximo os spoilers, o embargo das críticas do filme caiu apenas na manhã dessa terça-feira, 03, e elas vem sendo bem mais divisivas do que o esperado.

O longa começou a ter problemas antes mesmo de iniciar suas gravações quando o diretor inicial, Scott Derrickson, deixou a produção por divergências criativas. Contudo, os fãs logo ficaram aliviados quando o novo contratado foi ninguém menos que Sam Raimi, o responsável pela primeira trilogia do Homem-Aranha e também por ser conhecido por suas técnicas de terror. Mesmo com várias refilmagens, os fãs estavam ansiosos pelo longa.

As críticas, no entanto, estão sendo divisivas. Enquanto algumas apontam como um dos melhores filmes do MCU, com todas as características de terror do Sam Raimi, outras também dizem que o diretor parece estar engessado por toda a fórmula pertencente a esse universo. Algumas das críticas também apontam que mesmo sendo o personagem-título, Doutor Estranho acaba tendo seus holofotes roubados por Wanda Maximoff.

No Metacritic, o longa abriu com média 77, mas logo caiu para a casa dos 60, chegando a faixa das críticas mistas. Atualmente, com 31 críticas, ele se encontra com nota 65. O primeiro longa do herói fechou com média 72 no site agregador. No Rotten Tomatoes, ele se encontra com 84% de aprovação com base em 56 críticas e uma média de 6.9/10.

Confira algumas críticas:

O que Raimi fez com sua contribuição, no entanto, é construir não outra montanha-russa, mas uma casa mal-assombrada, alimentada por uma abundância de criatividade excêntrica, imaginação e costeletas finamente afiadas. Os métodos que ele emprega em sua Loucura são o que faz este filme se destacar, neste ou em qualquer outro universo” — Rolling Stone, 9/10.

A pura paixão de Raimi por seu material às vezes pode sobrecarregar a coerência de sua narrativa, e sua sinceridade fora de moda nem sempre combina com o tom jocoso por minuto que é o idioma cômico preferido da empresa Marvel. Quero dizer os dois como elogios” — Los Angeles Times, 8/10.

Dê a Sam Raimi um multiverso, e ele levará uma milha. A opinião do diretor sobre Doutor Estranho parece muitas coisas díspares e muitas vezes profundamente confusas – comédia, terror exagerado, drama materno, bola de fogo sustentada – mas também não é como qualquer outro filme da Marvel que veio antes dele. E 23 filmes na franquia, isso é uma coisa muito revigorante, mesmo que a história caminhe em mais direções do que a octo-besta do tamanho de Kaiju que invade uma cena inicial, batendo seus tentáculos em pessoas pequenas e prédios altos como um enviado de algum aquário de pesadelo” — Entertainment Weekly, 7.5/10.

A loucura do multiverso é tratada com genial brio de alta energia, embora eu tenha que dizer que essa profusão infinita de realidades não parece tão diferente na prática do mundo metamorfoseado de todos os outros filmes dos Vingadores. E realidades infinitas tendem a reduzir o impacto dramático de uma única realidade e reduzem o que está em jogo em uma determinada situação. No entanto, é tratado com leveza e diversão” — The Guardian, 6/10.

Imagine isso. Um artista visual como Raimi com um orçamento MCU moderno e total liberdade criativa. Você terá que imaginar porque este filme não está interessado nesse tipo de potencial. “Multiverso da Loucura” é um filme que constantemente contraria suas próprias possibilidades” — RogerEbert, 5/10.

Mas a ideia de que o toque de assinatura de Raimi equivale a reaquecer os floreios antigos de seu trabalho nas últimas quatro décadas é uma maneira extremamente embaraçosa e juvenil de pensar sobre o cinema: o que você realmente encontra aqui é o estilo da casa da Marvel com sabor de Raimi polvilhado no topo, e qualquer coisa que pareça ultrajante só o faz no contexto do conjunto de regras restritivas da franquia” — The Telegraph, 4/10.

Assista ao trailer:

Doutor Estranho no Multiverso da Loucura” chega aos cinemas brasileiros em 04 de maio.


leia também:
    Mais lidas
Sobre nós
O Portal Popeek foi fundado em novembro de 2019 por amantes das culturas pop e geek, visando informar seu público sobre as novidades nos mundos do cinema, televisão, literatura e múisca, prezando sempre pela transparência e agilidade no trabalho.
E-mail:
[email protected]

Redes sociais:
Popeek © 2019 - 2022
Tema por Danielle Cabral