Fãs descobrem que pseudônimo de J.K. Rowling é nome de psiquiatra que fazia "terapia de cura gay"
×
Maurício Junio
09.06.2020
19:46
Fãs descobrem que pseudônimo de J.K. Rowling é nome de psiquiatra que fazia “terapia de cura gay”

Leitores de todo mundo ficaram assustados com as recentes declarações de J.K. Rowling contra pessoas trans, fazendo várias estrelas do cinema, da música e da literatura se posicionarem contra ela, como Halsey e Daniel Radcliffe, por exemplo. Agora, leitores descobriram mais “curiosidade” assustadora e bizarra envolvendo os livros da autora de Harry Potter.

O pseudônimo que J.K. Rowling usa para escrever seus livros de ficção policial, Robert Galbraith, é o mesmo de um psiquiatra polêmico que nasceu em 1915 e morreu em 1999. Robert Galbraith Hearth acreditava que pessoas homossexuais poderiam participar de uma terapia de conversão e seriam “curadas“.

https://twitter.com/fayekinley/status/1270344731961294863?s=20
https://twitter.com/dev_deets/status/1270387782402392065?s=20
https://twitter.com/GoatSarah/status/1270410122129481729?s=20

Galbraith Hearth fez o teste com um homem gay, que ele intitulou como Paciente B-19. O homem foi torturado com “estimulação cerebral profunda” e, segundo o psiquiatra, deixou de ter desejos homossexuais após assistir pornografia heterossexual e ser forçado a fazer sexo com uma prostituta, contratada para participar do experimento. Ele acreditava que pessoas LGBTs possuíam uma anomalia biológica e poderiam ser tratadas por meios físicos.

No site oficial sobre o autor, Rowling diz que o pseudônimo Robert Galbraith é a junção de seu grande herói (Robert Kennedy) e Elle Galbraith, uma personagem que ela criou quando ela criança.

Os comentários de J.K. Rowling sobre pessoas transexuais são variados. Além de seguir várias contras de ativistas radicais e LGBTfóbicos, a autora defendeu uma mulher que foi demitida por transfobia e recentemente deu a entender que mulheres trans não são mulheres de verdade. Daniel Radcliffe, que interpretou Harry Potter nos cinemas, comentou; leia mais.


leia também:
    Mais lidas
Sobre nós
O Portal Popeek foi fundado em novembro de 2019 por amantes das culturas pop e geek, visando informar seu público sobre as novidades nos mundos do cinema, televisão, literatura e múisca, prezando sempre pela transparência e agilidade no trabalho.
E-mail:
[email protected]

Redes sociais:
Popeek © 2019 - 2021
Tema por Danielle Cabral