Vítimas de João de Deus dão entrevistas exclusivas no trailer da série documental "João de Deus: Cura e Crime"
×
Éder Matheus
21.07.2021
16:13
Vítimas de João de Deus dão entrevistas exclusivas no trailer da série documental “João de Deus: Cura e Crime”
Cenas do trailer da série documental da Netflix João de Deus: Cura e Crime.

Depois do bem-sucedido “Elize Matsunaga: Era Uma Vez Um Crime“, a Netflix se prepara para lançar mais uma série documental sobre um polêmico caso do Brasil. A plataforma de streaming divulgou, na manhã desta quarta-feira (21), o trailer oficial de “João de Deus: Cura e Crime“, que contará a história do médium envolvido no maior escândalo de assédio sexual do país.

João de Deus nasceu em 1942 e teve sua primeira experiência mediúnica em 1951, quando tinha apenas 9 anos de idade. Ele estava visitando familiares junto de sua mãe quando previu que uma grande tempestade ia ciar e destruir diversas casas da região. Mesmo sem entender sobre o que o filho estava falando, a mãe não subestimou as palavras do garoto e eles se abrigaram na casa de amigos.

Assim como previsto por ele, o temporal caiu e destruiu diversas casas. No dia seguinte, ele ouviu uma voz indicando que ele deveria procurar um Centro Espírita. Quando chegou no local e disse seu nome, o drietor da casa afirmou que já estava esperando o garoto. Ele desmaiou e, quando acordou, estava com 50 pessoas ao seu redor afirmando que ele havia incorporado, em seu corpo, uma entidade espitirual chamada Rei Salomão capaz de curar enfermos. Relatos desse mesmo dia apontam que ele havia curado aproximadamente 50 pessoas.

Desde então, João de Deus começou a atender pessoas e a realizar procedimentos denominados de “cirurgias espirituais”. Tempos depois, ele sofreu duas graves acusações: a primeira de praticar ilegamente a medicina, e a segunda de assediar uma garota menor de idade. Ele foi absolvido de ambas por ausência de provas.

Em 1976, ele fundou a famosa Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia, onde ele continuou realizando as cirurgias espirituais. O médium chegou a receber pessoas de diversos países que buscavam cura para problemas de saúde. Alguns astros de Hollywood, políticos e até atores brasileiros chegaram a frequentar a casa em busca de cura para enfermidades.

Em 2018, uma polêmica acerca dos procedimentos realizados por João de Deus explodiu na mídia. Diversas mulheres se pronunciaram contra o médium, afirmando que foram violentas sexualmente por ele. Após a divulgação das denúncias na imprensa, o número de relatos contra João de Deus se multiplicaram e uma força-tarefa foi criada para investigá-lo.

No documentário da Netflix, a plataforma de streaming mergulha por meio de entrevistas exclusivas e materiais inéditos, na tenebrosa trajetória de João de Deus, detalhando os relatos contra o homem que se tornou o protagonista do maior escândalo de assédio sexual do Brasil.

Assista ao trailer:

Essa será a segunda produção brasileira a abordar o caso, depois de “Em Nome de Deus“, lançada pelo Globoplay em junho de 2020. A série documental “João de Deus: Cura e Crime” estreia dia 25 de agosto na Netflix.


leia também:
    Mais lidas
Sobre nós
O Portal Popeek foi fundado em novembro de 2019 por amantes das culturas pop e geek, visando informar seu público sobre as novidades nos mundos do cinema, televisão, literatura e múisca, prezando sempre pela transparência e agilidade no trabalho.
E-mail:
[email protected]

Redes sociais:
Popeek © 2019 - 2021
Tema por Danielle Cabral