Quentin Tarantino faz sua estreia na literatura com "Era Uma Vez Em Hollywood", romance inspirado no filme
×
Maurício Junio
16.06.2021
17:47
Quentin Tarantino faz sua estreia na literatura com “Era Uma Vez Em Hollywood”, romance inspirado no filme

Conhecido por seus excêntricos e aclamados filmes, o roteiro e diretor Quentin Tarantino está se aventurando em uma nova jornada: a literatura. Ainda neste mês, será lançado o livro Era Uma Vez Em Hollywood, inspirado no filme homônimo escrito e dirigido por ele mesmo. Seu objetivo aqui é recontar a trama do filme com um olhar mais amplo e se aprofundando em alguns outros detalhes que não foram possíveis dentro do longa-metragem, ou com uma abordagem diferente.

Lançado em 2019, Era Uma Vez Em Hollywood foi um grande sucesso na carreira do diretor, conquistando 10 indicações ao Oscar e vencendo duas estatuetas – Melhor Ator Coadjuvante (Brad Pitt) e Melhor Design de Produção. Quem cuida do lançamento do romance aqui no Brasil é a Editora Intrínseca, e, segundo a mesma, o livro terá em torno de 560 páginas e chega nas livrarias em 29 de junho. Clique aqui para comprar.

Confira a sinopse e a capa:

Após uma década de trabalho mediana, Rick Dalton acha difícil engolir a ideia de que a indústria cinematográfica passa muito bem sem ele, obrigado. Sentindo que sua carreira de ator está cada vez mais próxima do fim e mergulhado em uma crise existencial, Rick está disposto a se submeter ao lobby cruel de Hollywood para tentar adiar sua ruína. Para isso, vai cogitar uma investida no cinema italiano, encarnar um vilão controverso em uma série de faroeste e aceitar conselhos profissionais de uma respeitada atriz de oito anos de idade.

Cliff Booth, seu dublê e melhor amigo, também começa a perder oportunidades, mas não necessariamente por causa do declínio do chefe. Booth, que pode ter matado sua mulher e escapado da cadeia, é visto como assassino por quase todas as equipes em quase todos os sets de filmagem de Los Angeles. Mas o condecorado veterano da Segunda Guerra Mundial, mais bonito do que a maioria dos galãs, segue manobrando seu destino pelas curvas de Hollywood Hills, em meio às hordas de hippies…

… que em 1969 estão por toda a cidade à procura de restos de comida, pedindo carona, invadindo propriedades e nem sempre pregando a paz e o amor. Um certo grupo de adolescentes liderado por um fracassado aspirante a astro do rock, por exemplo, vem espalhando destruição e ódio. Quando o caminho das seguidoras de Charlie Manson cruzar com o de Booth, o resultado poderá arruinar para sempre a vida de alguns personagens e salvar a vida de pessoas reais.

A aguardada estreia de Quentin Tarantino na literatura é uma leitura de fôlego, com ritmo de humor e recheada de pérolas sobre a era de ouro do cinema. Em Era uma vez em Hollywood, Tarantino oferece uma vasta gama de detalhes que ampliam o universo dos personagens, criando desfechos inovadores, novos cenários e diferentes possibilidades para o filme vencedor de duas categorias do Oscar 2020 ― uma deles, a de Melhor Ator Coadjuvante para Brad Pitt (Cliff Booth).


leia também:
    Mais lidas
Sobre nós
O Portal Popeek foi fundado em novembro de 2019 por amantes das culturas pop e geek, visando informar seu público sobre as novidades nos mundos do cinema, televisão, literatura e múisca, prezando sempre pela transparência e agilidade no trabalho.
E-mail:
[email protected]

Redes sociais:
Popeek © 2019 - 2022
Tema por Danielle Cabral