Rodrigo usa termo "traveco", é repreendido por colegas e fica sem conseguir dormir
×
Éder Matheus
21.01.2022
10:30
Rodrigo usa termo “traveco”, é repreendido por colegas e fica sem conseguir dormir
Rodrigo, participante do BBB 22.

Durante conversa com Eliezer na madrugada desta sexta-feira (21) no BBB 22, Rodrigo acabou usando um termo pejorativo para se referir a travestis. O gerente comercial foi instantaneamente corrigido por Vynicius e Maria, que ouviam a conversa entre os outros brothers.

“Pô, Eli, tô tentando dormir mas tô lembrando do pinto do traveco que você ficou com medo lá, irmão”, comentou Rodrigo. “Traveco não”, repreendeu Vynicius. “É, isso aí já foi uma coisa legal que você tá falando”, opinou Maria. “Desculpa, não sabia”, disse o paulista.

O comentário equivocado tornou a noite de Rodrigo inquieta. Ele ficou vagando pela casa, visivelmente pensativo e incomodado por ter usado um termo pejorativo para se referir a uma determinada classe. No jardim, ele revelou a outros colegas de confinamento sobre o termo que havia usado e foi tranquilizado pelos demais.

Você usou uma palavra ofensiva que, em prática, é uma palavra para ofender, mas você simplesmente falou, não ponderou aquilo que você tinha falado. E logo que você falou, eu falei: ‘Ei, traveco não’. Na mesma hora você disse: ‘Desculpa’. Já reconheceu seu erro, pediu desculpa e já entendeu”, opinou Vynicius. “Mas não acaba aqui. Vamos procurar entender”, pontuou Paulo. “Mas é isso, o Vyni já veio com a explicação, já para não dar margem pra isso”, opinou Bárbara.

O assunto voltou à tona na cozinha, quando Rodrigo e Vynicius estavam a sós. O cearense voltou a tranquilizar o paulista, que garantiu que jamais usará o termo novamente após a aula dada pelo colega de confinamento.

“Então, eu não acredito que as pessoas vão ver isso como uma ofensa propriamente dita, mas como uma fala impertinente, inadequada, e agora não vai mais existir“, disse o bacharel em direito. “Não vai, não falo. Você me deu uma aula e eu não vou falar nunca mais. E não é por causa de paredão, isso é consequência, o que mais dói é as pessoas se sentirem ofendida por uma fala inútil, nojenta, que era “normal” na minha bolha, mas que fora é ofensivo, é inaceitável. Não dá para aceitar, não mais”, comentou o gerente comercial.

Confira os vídeos:


leia também:
    Mais lidas
Sobre nós
O Portal Popeek foi fundado em novembro de 2019 por amantes das culturas pop e geek, visando informar seu público sobre as novidades nos mundos do cinema, televisão, literatura e múisca, prezando sempre pela transparência e agilidade no trabalho.
E-mail:
[email protected]

Redes sociais:
Popeek © 2019 - 2022
Tema por Danielle Cabral